Janeiro no Teatro da Certa de São Bernardo em Coimbra




Em Janeiro, A Escola da Noite volta a apresentar no Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, o seu mais recente espectáculo: “Da sensação de elasticidade quando se marcha sobre cadáveres”, de Matéi Visniec. A acompanhar a nova temporada são apresentados mais três filmes que ajudam a conhecer melhor a cultura e a história recente da Roménia. O regresso das Flores de Livro e uma exposição especial de Delphim Miranda completam a programação do Teatro no primeiro mês de 2015.


Depois do fim-de-semana da estreia, o mais novo espectáculo d'A Escola da Noite cumpre agora uma temporada de três semanas, entre 8 e 25 de Janeiro, de quinta a domingo. Escrita pelo dramaturgo romeno Matéi Visniec e nunca antes levada à cena, a peça tem como protagonista Sérgiu Penegaru, um escritor que se recusa a escrever poemas patrióticos e admira o surrealismo. Na Roménia comunista do final da década de 50 do século XX, isso é suficiente para que entre na “lista negra”. As suas obras são proibidas e é preso em Sighet – a penitenciária que realmente existiu, por onde passaram e onde morreram dezenas de presos políticos nesse período.
Como forma de resistir ao cárcere, Penegaru e os seus três companheiros de cela divertem-se a representar “A cantora careca”, de Eugène Ionesco.
A memória da realidade concreta que inspirou a escrita da peça (o próprio Visniec foi autor proibido pelo regime de Nicolae Ceausescu), mas também a oportunidade de reflectir sobre a forma como os processos de “lavagem cerebral” actuam na consciência dos indivíduos e condicionam a sua liberdade de pensamento, mesmo em sociedades democráticas e ditas “livres”, são duas motivações indissociáveis d'A Escola da Noite para a escolha deste texto, encenado por António Augusto Barros. Como os autores que Visniec homenageia, e em particular Ionesco e o “teatro do absurdo”, a peça utiliza o humor para evidenciar a violência e o absurdo da própria realidade e mostra-nos como o riso e a arte podem ser formas activas de resistência e de luta pela liberdade.


Cinema romeno
A nova temporada do espectáculo em Coimbra é mais uma vez aproveitada pel'A Escola da Noite para mostrar um pouco da cultura e da história recente da Roménia. O ciclo conta com o apoio do Instituto Cultural Romeno e decorre ao longo de três terças-feiras. Inclui os documentários “Videogramas de uma revolução”, de Harun Farocki e Andrei Ujica (que retrata, através de imagens reais, os dias que levaram à destituição do casal Ceausescu, em 1989) e “Depois da revolução”, de Laurentiu Calciu, que aborda, também com imagens de manifestações, comícios e conferências de imprensa, o período que antecedeu as primeiras eleições pós-revolução, em Maio de 1990). No último dia do ciclo será exibido o premiado filme “Francesca”, de Bobby Paunescu, um exemplo entre muitos da pujante e reconhecida cinematografia romena da última década. Realizado em 2009, o filme conta-nos a história de uma jovem educadora de infância que pensa em emigrar para Itália em busca de uma vida melhor. Entre o entusiasmo da mãe e as reservas do pai, Francesca decide mesmo partir, mas uma inusitada descoberta vem baralhar os seus planos. Os três filmes passam no bar do TCSB às 21h30 e têm entrada gratuita.


Más Caras e Flores de Livro
O mês do TCSB não se esgota, no entanto, no mais recente espectáculo da sua companhia residente. Para além do reínicio das sessões regulares de “Flores de Livro – leitura de contos para a infância” (sempre no último sábado de cada mês), assinala-se o regresso do cenógrafo, marionetista e artista plástico Delphim Miranda. Ao longo do mês, será gradualmente montada, com a cumplicidade activa de mais de uma dezena de personalidades por si convidadas, uma exposição de máscaras no bar do Teatro.
Nos dias 9, 16 e 23 de Janeiro, pelas 20h45, quatro a cinco convidados abrem as encomendas que Delphim lhes enviou por correio e penduram-nas nas paredes do Teatro, ao longo de um processo que terminará em Fevereiro, com a construção ao vivo da última máscara e a inauguração oficial da exposição.


Três meses, três espectáculos
A temporada de “Da sensação de elasticidade quando se marcha sobre cadáveres” abre um ciclo de três espectáculos próprios que A Escola da Noite vai apresentar ao longo do primeiro trimestre do ano, repondo produções estreadas em anos anteriores. Entre 6 e 8 de Fevereiro, volta “Auto dos Físicos”, de Gil Vicente, e entre 26 e 29 de Março regressa “Novas diretrizes em tempos de paz”, de Bosco Brasil. Para quem estiver interessado em assistir aos três espectáculos existe um bilhete especial, com o preço único de 12 Euros, o que torna ainda mais atractiva esta oportunidade oferecida ao público de ver ou rever os mais recentes trabalhos da companhia.

Teatro da Cerca de São Bernardo
JANEIRO DE 2015

DOCUMENTÁRIO
Videogramas de uma revolução
de Harun Farocki e Andrei Ujica
6 de Janeiro
terça-feira, 21h30
Roménia, 1992, 106', legendado em português
Bar do TCSB > entrada gratuita

TEATRO
Da sensação de elasticidade quando se marcha sobre cadáveres
de Matéi Visniec
pel'A Escola da Noite
8 a 25 de Janeiro
quinta a sábado, 21h30
domingo, 16h00
M/14 > 180' com 2 intervalos

EXPOSIÇÃO
Más Caras e outras carantonhas
de Delphim Miranda
[montagem por convidados, aberta ao público – 1.ª sessão]
9 de Janeiro
sexta-feira, 20h45
Bar do TCSB > entrada gratuita

DOCUMENTÁRIO
After the revolution
[Depois da revolução]
de Laurentiu Calciu
13 de Janeiro
terça-feira, 21h30
Roménia, 2010, 83', legendado em inglês
Bar do TCSB > entrada gratuita

EXPOSIÇÃO
Más Caras e outras carantonhas
de Delphim Miranda
[montagem por convidados, aberta ao público – 2.ª sessão]
16 de Janeiro
sexta-feira, 20h45
Bar do TCSB > entrada gratuita

CINEMA
Francesca
de Bobby Paunescu
20 de Janeiro
terça-feira, 21h30
Roménia, 2009, 94', legendado em inglês
Bar do TCSB > entrada gratuita

EXPOSIÇÃO
Más Caras e outras carantonhas
de Delphim Miranda
[montagem por convidados, aberta ao público – 3.ª sessão]
23 de Janeiro
sexta-feira, 20h45
Bar do TCSB > entrada gratuita

LEITURA DE CONTOS PARA A INFÂNCIA
Flores de Livro
por Cláudia Sousa
31 de Janeiro
sábado, 11h00
M/4 > 3 Euros (bilhete individual); 5 Euros (criança + acompanhante)


informações e reservas: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Comments

Popular Posts